Ontem uma maçã

Categoria: Poesia Escrito por Ricardo Carranza Imprimir Email

Assista o vídeo clicando aqui

 

Ontem uma maçã.

As luzes apagavam da cidade

blocos insípidos que abrigam

pessoas como eu e você. O frenesi,

pré-agendado, principiava a se enrolar

com o focinho embebido no ventre.

Do véu de luz no talho da pedra se

espreitava um suspiro de dor,

tédio ou volúpia; não sei dizer.

O tempo passou, insidioso, pela alma

do meu esqueleto. De volta, a maçã ainda

oxidava como ampulheta de carne no tampo

de vidro temperado. Então você veio e disse

que é fácil dizer que a maçã vem da árvore e a árvore vem da semente da maçã

e que isso não causa mais vertigem a ninguém.

 Mas não. Não é só isso, você insiste.

É isso mesmo, digo eu.

Disse e caminhou até a janela.

Cada um de nós tem o hábito de caminhar, como forma de ganhar fôlego, até a janela e

dar uma olhada à brecha do inominável.

Como escavar todo o caldo derramado?

Como traçar um projeto? Então inventamos

um joguinho: Totem ou Vênus –

como um nome para o miolo da fruta.

E chamamos Elza para desempatar. Ela veio,

apressada, enxugando as mãos no avental.

Eleita Vênus Putrefata, o quê valorizamos

acima de tudo? – pensamos quase ao mesmo tempo.

Nunca saberemos. O certo é que a nossa Vênus

devorada não escaparia à faxina, seja o que for,

irrevogável, do fim de semana, véspera do amanhã.

  

    Ricardo Carranza
    Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, 2000, diretor do escritório de arquitetura e editora G&C Arquitectônica Ltda, editor da revista 5% Arquitetura + Arte e escritor. Publicações: Antologias de Concursos Nacionais – SCORTECCI, SESC DF; revista de literatura – CULT; sites de Poesia e Literatura – Zunái, Stéphanos, Germina, Cult - Ofi-cina Literária, Mallarmargens, O arquivo de Renato Suttana, Triplov. LIVROS: Poesia – publicados: Sexteto, Edição do Autor, SP, 2010; A Flor Empírica, Edição do autor, SP, 2011; Dramas, Editora G&C Arquitectônica Ltda., SP, 2012. Inéditos – Pastiche, 2017/2018; poesia... 2019. Contos – inéditos: A comédia dos erros, 2011/2018 – pré-selecionado no Prêmio Sesc de Literatura 2018; Anacronismos, 2015/2018; 7 Peças Cáusticas, 2018. Romance inédito: Craquelê, 2018/2019. Cadernos de Insônia (58): desde 2009. ARTIGOS publicados na revista 5% Arquitetura+Arte desde 2005.

     

    Como citar:

    CARRANZA, Ricardo. Ontem uma maça. 5% Arquitetura + Arte, São Paulo, ano 15, v. 01, n.19, e143, p. 1-3, jun./jun./2020. Disponível em: http://revista5.arquitetonica.com/index.php/poesia/ontem-uma-maca

    Acessos: 144

    Adicionar comentário


    Código de segurança
    Atualizar